Como se organizam as castas das formigas.



Como vocês sabem as formigas formam uma grande sociedade na natureza, e nós chamamos de formigueiros, todas as formigas são sociais e suas espécies são polimórficas, ou seja, cada individuo na colonia tem sua função de acordo com seu tamanho. Em uma colônia de formigas as principais fêmeas são a Rainha que é responsável pela reprodução da colônia e as operárias que tem um papel polimórfico dentro da colônia. Em cada espécie as operárias podem variar de tamanhos, operárias pequenas, operárias médias e operárias grandes. Caso haja a variação de tamanho elas são Polimórficas (poli= muitas; morfo= forma), e caso as operárias tenham o mesmo tamanho serão Monomórficas (mono= uma; morfo= forma). Mesmo que as operárias tenham os tamanhos diferentes elas nunca são aladas, então é impossível confundi-lá com uma rainha, mesmo que a rainha tenha perdido as asas você pode observar os fatores do tórax e o abdômen, a rainha não se compara com uma operária…

Rainha no centro, operárias ao seu lado. A diferença é tremenda.

Colônia de Atta Cephalotes, Polimorfismo . Operárias na parte inferior
e Rainhas na parte superior.

Os seres que ainda possuem asas, são chamados alados são eles os machos e as rainhas ainda não fecundadas. Dentro de um formigueiro, ou melhor, dentro dessa sociedade a rainha é responsável somente pela oviposição, isso de fato é chamado de polietismo o mesmo acompanha o polimorfismo. Então a rainha é responsável pela reprodução e as operárias por todas outras atividades dentro da colônia.

Nas colônias de Solenopsis, conhecidas como lava-pés, elas possuem seus ovários reduzidos e são irreversivelmente estéreis, em outras as operárias são funcionais e podem produzir ovos tróficos ou machos haploides (não fecundados).
Quando uma rainha é removida da colônia as operárias continuam a produção dos ovos deixados pela rainha, e produzem machos ou ovos tróficos produzidos pelas operárias filhas, isso é realizado dentro da colônia de Oecophylla Longinoda, uma formiga com origem africana. Caso a rainha ainda esteja dominando o território, que é formado por mais de 15 ninhos as operárias não podem produzir ovos fecundados por inibição da rainha. A não ser que as operárias saiam do território da rainha. A rainha só permite a produção de ovos tróficos, que serão utilizados para alimentação das larvas e/ou da rainha. Fazendo assim que não haja competição reprodutiva e assim direciona maior reserva proteica para sua própria prole. Uma alimentação rica na fase larva leva a a diferenciação a rainha/gine. E uma alimentação mais diluída leva a diferenciação de operárias. Então a diferenciação das castas é Trofogênica (Determinada pela alimentação durante a fase larval).

Créditos : – Livro Os Insetos Um resumo de entomologia P.J.GULLAN 2011.
http://www.ceplac.gov.br/Laboratorios/mirmecologia/htmlFormiga/colonia.html.

About these ads

Uma resposta em “Como se organizam as castas das formigas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s